quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Cabo de Santo Agostinho teve a maior queda no valor da cesta básica em dezembro


A cesta básica caiu de valor no mês de dezembro em todos os municípios pesquisados. Mas, o que apresentou maior queda foi o município do Cabo de Santo Agostinho, no Litoral Sul do Estado, uma queda de 2,50%. O valor da cesta passou de R$ 371,24 para R$ 361,97.

O Procon-PE realiza pesquisa em todos os municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR), mas a pesquisa do Cabo de Santo Agostinho é feita separadamente devido à quantidade maior de empresas pesquisadas.
Os itens que sofreram maior redução ou permaneceram com o mesmo valor em dezembro de 2016 em comparação com o mês de novembro foram:
No setor de alimentação: arroz; feijão mulatinho; café em pó; alho; leite em pó; macarrão espaguete; biscoito maisena; carne de segunda sem osso e salsicha avulsa. Continuaram com os mesmos preços praticados em novembro: o fubá; batata inglesa; óleo de soja; macarrão espaguete; charque de segunda e margarina.
No setor de limpeza doméstica: sabão em pó, água sanitária e lã de aço. E no setor de higiene pessoa reduziram de valor o papel higiênico e o sabonete.
Os produtos que aumentaram de preço foram: cebola (20,8%); sabão em barra (13,43%) e o absorvente higiênico (6,27%). A pesquisa demonstrou que o valor da cesta básica compromete 42,36% do salário mínimo.
A pesquisa foi realizada em 23 estabelecimentos da RMR, 11 no Cabo de Santo Agostinho, 12 em Vitória de Santo Antão e 20 em Caruaru, por uma equipe composta de dois fiscais que preenchem formulário próprio no local.
A análise dos preços é feita em 27 itens, entre alimentação, limpeza doméstica e higiene pessoal.

Fonte (Blog de Jamildo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário