quinta-feira, 31 de março de 2016

H1N1: clínicas particulares lotadas

Paulo Costa levou a família para vacinar. Desembolsou R$ 130 por cada dose
O surto da H1N1 e a indisponibilidade de vacinas na rede pública têm levado a população a buscar clínicas privadas no Estado, onde as doses custam a partir de R$ 100. Em uma unidade em Boa Viagem, Zona Sul, o estoque havia terminado no início da manhã da última quarta-feira (30). 
Horas depois, chegou mais um lote para suprir a demanda. Crianças e idosos eram maioria na fila. O Ministério da Saúde deve começar a enviar os lotes para esse público prioritário a partir de amanhã. O início da imunização ainda será definido. O empresário Paulo Costa, 39 anos, levou a esposa e as duas filhas para vacinar.
“Sempre sigo o calendário. Dessa vez viemos antes por prevenção. Fico receoso”, disse Costa, que pagou R$ 130 por cada dose. O também empresário Jaime Monteiro, 60, aguardava do lado
de fora. “Melhor ficar do lado de fora que já evito pegar gripe. Tem muita gente lá dentro”. Em outra clínica na Boa Vista, área Central do Recife, o diretor técnico, Francisco Frazão, afirmou que o estoque não foi suficiente para atender à demanda.
Desde o início da semana, foram aplicadas 90 doses. Restam pouco mais de 110. “Será preciso reabastecer o estoque”, comentou Frazão. Com medo do vírus influenza, a terapeuta Caroline Santos, 32, aproveitou o pouco movimento na clínica Imunidade para ir com o marido tomar a vacina. Grávida de dois meses, ela não quis deixar para última hora.
“Antes de vir aqui fui a uma clínica em um shopping e estava superlotada. Soube que aqui estava mais tranquilo e vim logo. Preferi antecipar, com medo”, disse Carolina, que desembolsou
R$ 100 pela vacina. 
Sesi
O Sesi/PE abriu inscrições para a Campanha de Vacinação contra a gripe H1N1. As doses fazem parte de um lote preparado para combater a mutação mais recente do vírus influenza. A adesão pode ser feita até o fim de abril pelos 15 mil trabalhadores associados. 
A vacina custará R$ 20 para trabalhadores da indústria e R$ 35 para empresas de outros segmentos - valor 60% abaixo do
praticado pelo mercado. A aplicação é realizada na própria empresa, durante o expediente. Outras informações pelo telefone (81) 3412.8330. 
Da Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário