terça-feira, 22 de março de 2016

Crise na educação: Professores podem deflagrar greve em Jaboatão

Da Folha de Pernambuco
Professores da rede de ensino de Jaboatão, Região Metropolitana do Recife, podem paralisar as atividades nesta terça-feira (22). A categoria irá realizar uma assembleia em frente a prefeitura do município, no bairro de Prazeres, a partir das 9h, para decidir a deflagração da greve.
Na pauta de reivindicações, a categoria pede aumento salarial de 15% ou o valor do piso nacional e algumas pendências, como o pagamento de 1/3 das férias para alguns servidores e direitos trabalhistas dos aposentados. “Tem professor que gozou as férias no ano passado e ainda não recebeu. Já dos aposentados, servidores que, desde 2008, não recebem seus direitos”, conversou a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município do Jaboatão dos Guararapes (Sinproja), Maristela Ângela.
Ela comentou também que, na pauta, está a liberação dos professores para participar de congressos e encontros. Sobre o reajuste de 15%, Maristela disse que, na última reunião com representantes da prefeitura, nenhuma proposta foi apresentada. “Entramos em estado de greve desde o fim de fevereiro. Uma nova reunião estava marcada para o dia 31 de março, mas a prefeitura adiantou para esta terça-feira (22)”, contou. A presidente ainda comentou que os próximos atos da categoria serão decididos após a negociação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário