sexta-feira, 25 de março de 2016

BRIGA ENTRE CASAL TERMINA EM TRAGÉDIA


Empresário esfaqueia esposa e depois pula do 10º andar no Recife
Homem atacou mulher pois não queria deixá-la viajar na Semana Santa.
Quando polícia chegou, agressor pulou pela janela e morreu na queda.


Vizinha ouviu os gritos de socorro e acabou pedindo ajuda a uma viatura da Polícia Militar que passava no momento (Foto: Google Street View/Reprodução)
Um empresário do ramo de frios, de 51 anos, esfaqueou a esposa três vezes e depois pulou do 10º andar do prédio onde moravam, na Avenida 17 de Agosto, em Casa Forte, Zona Norte doRecife. O caso ocorreu no início da tarde da última quinta-feira (24). A vítima, uma professora de 52 anos, foi socorrida e segue internada no Hospital dos Servidores do Estado, na mesma região da capital. O centro médico informou que não tem autorização para informar seu estado de saúde.

De acordo com o delegado José Cláudio Nogueira, diretor do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), o homem não queria deixar a esposa viajar durante a Semana Santa. Ele estaria fazendo uso de remédios controlados. “Com ciúmes, não queria que ela viajasse. A discussão teria tomado outra proporção. Ele a esfaqueou três vezes e ainda teria tentado jogar uma garrafa nela”, contou o diretor.
Os gritos de socorro foram ouvidos por uma vizinha, que acabou pedindo ajuda a uma viatura da Polícia Militar que passava no momento. Os policiais precisaram arrombar a porta do apartamento. “Eles pediram para entrar, mas ele [empresário] negava e a mulher gritava por socorro”, completou Nogueira.
Quando a polícia conseguiu entrar no apartamento, o homem teria corrido para o último quarto da casa e pulado pela janela. Ele morreu no local. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife.

As investigações ficarão a cargo do DHPP, apenas por praxe, adianta o delegado. “Só vamos concluir o inquérito porque já foi comprovada a autoria do crime. Sabemos que foi uma tentativa seguida de suicídio”, acrescentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário