segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Em Jaboatão, adversários aproveitam vazamento de áudio para criticar Elias Gomes


O prefeito Elias Gomes durante Carnaval em Jaboatão dos Guararapes. Foto: Marcelo Ferreira/Divulgação.

O preço da governabilidade de Elias Gomes
Por Paulo Farias do Monte, aliado de Lula Cabral, em nota enviada ao blog
O Prefeito de Jaboatão dos Guararapes nunca me enganou. Sempre foi adepto em atrair os holofotes para si, tentando passar a ideia de que é um hábil articulador e um gestor austero.
Se aproveitando da crise que assola o País, Elias Gomes(PSDB) espolia as algibeiras dos seus comissionados, vai a Brasília suplicar por empréstimos, mas nada nesse choro é real.
Vamos ver quanto o Sr. Elias Gomes paga a cada vereador de Jaboatão para garantir a governabilidade.

Recentemente vazou um áudio onde o Prefeito Elias manda os seus secretários e comissionados perseguir o Vereador Neco, apenas por que este ousa em disputar a Prefeitura em 2016.
Na República de Jaboatão não se pode afrontar o coronel Gomes.
De tal episódio desnudou-se a farsa que é a liderança de Elias Gomes. Cada Vereador recebe para hipotecar apoio ao combalido Governo Elias, seis Cargos comissionados no valor de 3,7 mil reais e dois, no valor de 2,5 mil reais. Todos os vereadores recebem essa benesse.
Fazendo uma conta simples, o povo de Jaboatão paga para os vereadores apoiarem o Governo Elias a bagatela de 816 mil reais por mês. 9,72 milhões de reais por ano e nos oito anos de governo a vultosa importância de 78,37 milhões de reais.
Enquanto isso o povo de Jaboatão que paga essa extra a edilidade, sofre com o caos.
Se bem empregados, esses recursos dava para tirar Jaboatão da liderança como uma das piores cidades do Brasil em saneamento básico. Dava para comprar carteiras escolares e tirar os alunos da rede municipal de ensino do humilhante revezamento por não ter onde sentar. Dava para construir as mil ruas que o Prefeito prometeu fazer em 4 anos e, em 6 anos e meio não fez duzentas.
A máscara de Elias Gomes caiu de vez. Se para garantir o apoio na Câmara Elias teve que adotar o mensalão no Município, ele precisa dizer quanto pagou para filiar dez vereadores de uma só vez para o seu Partido, o PSDB?
Com a palavra o senhor Prefeito Elias Gomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário