quarta-feira, 10 de junho de 2015

Polícia procura suspeito de torturar, estuprar e matar mulher na praia de Gaibu

Pai da vítima encontrou o corpo ainda em chamas em cima da cama

 

Atualizada às 15h16
Fabiana Maria de Moraes, 32 anos, foi encontrada pelo pai com o corpo ainda em chamas em cima da cama, na residência localizada no sítio Tomas, na praia de Gaibu, no Cabo de Santo Agostinho. Segundo a Polícia apurou com moradores locais, foram ouvidos gritos da vítima por volta das 15h, seguidos de um silêncio. Ela teria sido torturada, estuprada, morta a facadas e teve o corpo carbonizado.
No início da noite, os vizinhos perceberam uma fumaça saindo pelo telhado. Foi quando o pai dela, José Antônio de Moraes, 69, chegava do trabalho. Ele ainda teria passado pelo suspeito, que estaria nu, e encontrou o corpo da filha seminu em chamas. A vítima tomava remédio controlado.
O caso será investigado pelo delegado Elder Bezerra, da 15ª Delegacia de Polícia de Homicídios. Ele informou que deverá receber o inquérito nesta quarta-feira (10). No entanto, a paralisação da Polícia Civil marcada para estas quarta e quinta-feira pode atrasar o início das investigações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário