quinta-feira, 28 de maio de 2015

Escola na Itália dá bônus a alunos que vão de bike entre três a quatro vezes por semana

Ir para a escola ou para o trabalho de bike tem voltado, pouco a pouco, a se tornar um costume entre os brasileiros e até já há quem ganhe dias de folga com isso. Na pequena cidade deAprilia, a 30 km de Roma, o hábito virou ponto no boletim dos alunos de uma escola pública, que são cada vez mais incentivados a usar a bicicleta. O programa Bike Control partiu do meninoLorenzo Catalli, que há um ano estava terminando seu período na escola de ensino médioLiceu Antonio Meucci e se questionou, nas viagens de carro com seu pai e por entre horas de trânsito, como seria mais simples se todos pudessem dispensar o automóvel.
Em conjunto com o pai, Lorenzo criou um dispositivo que se fixa na bike e permite verificar data, horário e distância do percurso realizado, além de calcular a quantidade de emissão de gás carbônico que foi evitada através da ação de trocar o carro pela magrela, ideia com apoio daUniversidad La Sapienza, em Roma. O próprio Lorenzo sempre foi para a escola de carro, antes de ter essa ideia de reverter as pedaladas em notas no sistema de avaliação, entrando dentro de atividades extracurriculares. Os pontos são acumulados somente com o mínimo de frequência detrês ou quatro vezes por semana indo de bicicleta para a instituição.
Pelo sistema de avaliação das escolas italianas, além das notas conseguidas em provas escritas e orais, os estudantes de ensino médio contam com o “crédito de formação“, uma pontuação obtida com a prática de atividades extracurriculares e que integra a média final necessária para superar o Exame de Estado, indispensável para o cursar o ensino superior.
BiciAsprilia1Foto via
Com a fama e cada vez mais adeptos, até mesmo a Prefeitura deu apoio e financiamento à campanha, que só tende a crescer ainda mais, podendo se expandir mundialmente. Lojas focadas em bike já dão até prêmios especiais para os alunos que participarem do programa. Uma boa ação acaba puxando inúmeras outras na hora da transformação social e urbana.
BiciAsprilia2Foto via
Foto topo © Luca Violetto

Nenhum comentário:

Postar um comentário