quarta-feira, 15 de abril de 2015

Passageiros bloqueiam saída e entrada de ônibus no terminal da PE-15

Protesto faz parte da greve geral dos trabalhadores contra PL da Terceirização

Atualizada às 07h55
O terminal integrado da PE-15 foi fechado na manhã desta quarta-feira (15) por passageiros. Eles se revoltaram após ouvirem dos fiscais da operadora de transporte público Itamaracá que a volta para casa não estava garantida. O terminal está lotado de usuários, mas conta com um bloqueio humano no portão. Oito viaturas da Polícia Militar estão no local para conter possíveis desordens, mas o protesto está pacífico.
A negativa de que não teria ônibus para levarem os trabalhadores e estudantes de volta para casa no fim do dia foi motivada pela greve geral que acontece nesta quarta (15) em todo o Brasil como forma de pressionar os parlamentares contra o Projeto de Lei 4330, que amplia a terceirização de mão de obra para todos os tipos de profissão. Com o ato na PE-15, o trânsito está complicado nos arredores, pois há lentidão entre os veículos que passam no local.
Mais cedo, por volta das 06h, houve tumulto na porta da garagem da Cidade Alta, em Rio Doce, Olinda, porque manifestantes tentavam impedir a saída de ônibus do local. No sistema de metrô, a movimentação ocorreu normalmente, mas a assessoria de imprensa da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) afirmou que a operação será paralisada a partir das 09h até as 16h. No terminal de Joana Bezerra, houve um atraso na chegada de ônibus, o que acumulou passageiros, mas a situação foi normalizada por volta das 06h15.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário