sexta-feira, 10 de abril de 2015

O perigo do blecaute alcoólico entre jovens

Consumo precoce de álcool pode causar prejuízos para a saúde na vida adulta (Foto: Free Images)
Consumo precoce de álcool pode causar prejuízos para a saúde na vida adulta (Foto: Free Images)
Um estudo divulgado recentemente pelo Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (Cisa), organização não governamental que se destaca como uma das principais fontes no País sobre o tema, revela que uma consequência adversa comum ao uso abusivo de álcool, principalmente entre os jovens, é o lapso de memória ou o blecaute alcoólico, definido como a incapacidade de lembrar fragmentos ou períodos inteiros de eventos ocorridos enquanto se está acordado e bebendo.
De acordo com pesquisas, estima-se que ao menos 50% dos adultos bebedores já tiveram algum episódio de blecaute, assim como 80% dos indivíduos com transtornos por uso de álcool, sendo um critério cada vez mais avaliado em pesquisas sobre o alcoolismo.
Os autores do estudo destacam que médicos e pais devem estar atentos ao fato de que, para a maioria dos jovens, os eventos de blecaute alcoólico não são isolados e sua ocorrência é preditiva da trajetória futura de consumo nocivo de álcool.
O episódio de blecaute alcoólico está associado a altos níveis de concentração de álcool no sangue, que podem indicar ou causar problemas relacionados à bebida, como grandes chances de exposição a sexo desprotegido, lesões, acidentes e diversas complicações de saúde.
Já outra pesquisa, também divulgada pelo Cisa, revela dados sobre o consumo de bebidas alcoólicas entre jovens. Segundo esse estudo e inúmeros outros levantamentos, o consumo precoce de álcool (na adolescência) pode causar prejuízos para a saúde na vida adulta, como doenças, comportamentos antissociais e maior frequência do abuso e dependência do álcool, além do consumo e abuso de outras substâncias psicoativas.
Os resultados da pesquisa sugerem que, mesmo com o ajuste para potenciais fatores de confusão, a exposição e intoxicação por álcool na adolescência mantiveram associações causais sobre as medidas de uso e abuso de álcool e outras drogas quando adultos, além de outros comportamentos externalizantes, como sintomas antissociais, estresse gerado por atitudes individuais e problemas interpessoais.
por Cinthya Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário