terça-feira, 7 de abril de 2015

Empresário que forjou a própria morte em São Paulo é visto no Cabo de Santo Agostinho

Segundo a polícia, o homem estaria realizando eventos no município pernambucano

 

O empresário José Valdeci dos Santos da Silva, de 33 anos, que é procurado pela polícia por homicídio e suspeito de forjar a própria morte em São Paulo, foi flagrado realizando eventos no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. O delegado de Homicídios de Itaquaquecetuba, Eduardo Boigues, que já tinha adiantado ao FolhaPE que o homem teria fugido para Pernambuco, recebeu imagens que mostram José Valdeci circulando e realizando trabalhos no município do Estado.
Cortesia
Polícia acredita que homem não está mais no Cabo
Em São Paulo, José Valdeci era proprietário de um buffet havia oito anos. Em maio de 2014, o buffet foi destruído após um incêndio. No local, a polícia encontrou um corpo carbonizado, que também apresentava perfurações de faca e uma tatuagem na perna. Inicialmente, a polícia acreditava que o corpo era do empresário, mas a família de José Valdeci não reconheceu a vítima. A polícia acabou mudando o rumo das investigações. Para Boigues, o crime foi premeditado, já que o homem deixou muitas dívidas acumuladas, além de prejuízo para os clientes.
Por conta disso, o mandado de prisão temporária de José Valdeci foi expedido e enviado para a delegada Beatriz Gibson, de Capturas. Até o momento, a delegada não recebeu informações que levem ao paradeiro do homem. Ainda de acordo com Eduardo Boigues, o homem pode não estar mais no município. "Ele estava realizando festas no Cabo desde o ano passado. Muita gente nem sabia do histórico dele. Acredito que ele não está mais no município", comentou.
 Júlia Montenegro, do FolhaPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário