sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Em tréplica, Betinho Gomes reafirma denuncias e diz que Lula Cabral faz acusações infundadas

Foto: Roberto Soares/Alepe
Veja  a nota oficial
Como já era de se esperar, o deputado estadual eleito Lula Cabral prefere usar de ataque pessoal, com acusações caluniosas e infundadas, a responder a questões que precisam ser respondidas tanto ao Ministério Público do Estado quanto à população do Cabo de Santo Agostinho, que foi lesada diante das fraudes em vários processos licitatórios no município na época em que foi prefeito.
Ao contrário do que o ex-prefeito diz, as acusações a respeito do cheque são infundadas, uma vez que a minha prestação de contas referente à campanha de 2010 foi aprovada por unanimidade e publicada no Diário de Justiça Eletrônico de n.º 150, pag. 08, em data de 06/12/2010, assim como também foram aprovadas as prestações de contas das campanhas para prefeito em 2012 e deputado federal de 2014 e que se encontram à disposição de qualquer cidadão no site do TSE (www.tse.jus.br).
Volto a insistir na gravidade política de se indicar para o comando da Primeira Secretaria – pasta responsável pelas finanças da Assembleia – alguém que tem contra si várias denúncias de improbidade administrativa apresentadas pelo Ministério Público.
Uma das ações, de número 0005348-20.2014.8.17.0370, tramita na Vara da Fazenda Pública do Cabo de Santo Agostinho, relata caso de falsificações grosseiras de assinaturas, documentos públicos fraudados, locação de veículos fantasmas com motoristas que sequer eram habilitados, e tem como primeiro réu e chefe do esquema o ex-prefeito Lula Cabral.
Portanto, na condição de ainda deputado estadual, tenho a obrigação de deixar públicas essas informações para que a população saiba o que esta acontecendo no Parlamento estadual.
Cordialmente,
Betinho Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário