sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Em época de demissões, Polo Automotivo da Fiat contrata em Pernambuco

unnamed
Em um momento de forte tendência de redução do quadro de efetivos na área de veículos, já observado na indústria em outras regiões, como São Pualo, no Polo Automotivo de Pernambuco, já foram criados aproximadamente 200 novos empregos apenas no mês de janeiro. A expectativa é que, até o final do mês, sejam totalizadas mais 550 vagas.
O Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos do Estado de Pernambuco (Sindmetal-PE) esteve em visita à fábrica nesta quinta-feira (15/01). O objetivo seria assegurar a continuidade das contratações e a manutenção do emprego no Polo Automotivo em implantação na cidade de Goiana.
“Nossa expectativa é que a confiança da FCA no mercado brasileiro se mantenha, refletindo em seu investimento no desenvolvimento do complexo, que além da fábrica conta com diversas empresas da cadeia produtiva, e na oferta de emprego e geração de renda para a população local”, afirma o presidente do Sindmetal-PE, Henrique Gomes.
Na ocasião, o Sindmetal-PE também abriu diálogo para que as políticas de gestão de pessoas aplicadas na fábrica Jeep sejam alinhadas com as 16 empresas que estão instaladas no parque de fornecedores integrado à planta. Ainda foi debatida a importância de que essas iniciativas sejam estendidas às companhias que farão parte do segundo parque de fornecedores, quando este começar a ser instalado.
O Sindicato também fez uma vistoria preventiva na fábrica e em algumas unidades do parque de fornecedores para avaliar aspectos relacionados a condições de trabalho. Segundo Gomes, a abertura para o diálogo, antes mesmo do início da produção, configura uma situação inédita no relacionamento entre a entidade e a indústria.
“Pudemos observar que o Polo apresenta uma estrutura com avanços em aspectos ergonômicos, como a climatização da fábrica em sua totalidade, o uso de tecnologias que facilitam a movimentação de materiais e o desempenho das atividades sem risco à saúde e segurança dos trabalhadores”, completa o presidente Henrique.
“O empreendimento é muito importante para o futuro de Pernambuco, portanto é fundamental que continue a se desenvolver com respeito aos direitos dos trabalhadores. Seguimos comprometidos em acompanhar esse crescimento para que ele seja benéfico às pessoas que participam de sua construção”, assegura o presidente do sindicato, Henrique Gomes.
O sindicato vem mantendo reuniões com representantes da Jeep – Polo Automotivo Pernambuco – e negociado um acordo coletivo para a categoria desse polo. O sindicato espera que até o final do mês de janeiro as negociações sejam concluídas e o acordo coletivo seja fechado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário