quarta-feira, 23 de julho de 2014

Terezinha Nunes declara apoio a Paulo Câmara

unnamed
A deputada estadual Terezinha Nunes (PSDB) encontrou-se nesta terça-feira (22) com o candidato da Frente Popular de Pernambuco ao Governo, Paulo Câmara (PSB), para declarar seu apoio, acompanhando a decisão de seu partido.
A tucana afirmou não ter dúvidas de que o socialista é o mais qualificado para assumir o comando do Estado.
“Estou convencida de que Paulo Câmara representa a renovação na política. As vozes na rua têm pedido mudanças não apenas dos métodos mas das pessoas que comandam as esferas de poder. É alguém que realizou, nas missões que assumiu no Governo, um trabalho profícuo e objetivo. Além do mais, as manifestações espontâneas têm mostrado que o povo quer ser ouvido, quer participar, e Paulo é uma pessoa aberta ao diálogo”, defendeu.
O socialista afirmou que o apoio da legisladora foi recebido com muita alegria por ele e seus companheiros de chapa: Raul Henry (PMDB), que disputa a vice, e Fernando Bezerra Coelho (PSB), para o Senado.
“Terezinha Nunes sempre uma deputada atuante, que mesmo na oposição sempre contribuiu para a discussão política no Estado. Além disso, as sugestões que ela traz para o nosso Programa de Governo vêm ao encontro de muitas das nossas ideias para Pernambuco, e serão incorporadas por nós”, comemorou o candidato, que apontou na chegada da tucana mais uma mostra do sentimento de unidade que reuniu em torno da Frente Popular a maior aliança partidária já vista no Estado.
Entre os pontos que Terezinha trouxe para contribuir com o programa da Frente Popular, nas reuniões que antecederam o anúncio, estão a universalização do acesso às escolas de tempo integral e a construção de um hospital especificamente voltado para o atendimento aos idosos (a tucana é presidente da Frente Parlamentar de Defesa e Proteção da Pessoa Idosa da Assembleia Legislativa).
Paulo já havia assumido o compromisso de garantir vagas naqueles estabelecimentos de ensino a todos os alunos que queiram se matricular e de construir o Hospital do Idoso, no Recife.
Representante da Igreja Católica no Legislativo Estadual, a deputada também pediu a Paulo o estreitamento da relação do Governo com a instituição religiosa.
“O excesso de laicismo no Brasil impede que se mantenham melhores relações com as igrejas e formar parcerias em ações importantes, como o auxílio aos dependentes químicos”, explicou. Outro ponto apresentado por Terezinha foi o empenho para a regulamentação do Código Estadual de Proteção aos Animais, lei de sua autoria que já foi aprovada pela Assembleia e sancionada. O candidato garantiu que, se não houver tempo hábil para que a matéria seja regulamentada este ano, esta será uma de suas primeiras atitudes como governador.
A deputada disse não haver contradição entre a postura de oposição que manteve na Assembleia até o ano passado e seu engajamento de Paulo Câmara.
“Estive durante sete anos na oposição porque foi essa a missão que os eleitores me atribuíram nas urnas, em 2006 e 2010, e eu cumpri essa obrigação. Nós entendemos que, agora, Pernambuco está partindo para um novo ciclo. Já apoiamos o atual governador João Lyra Neto (PSB). Não termos dificuldade em estar com Paulo Câmara”, garantiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário