sexta-feira, 18 de julho de 2014

Seleção da Alemanha doa 10 mil euros para índios pataxós

A federação alemã visitou a tribo em Santa Cruz Cabrália no dia seguinte à chegada ao Brasil, e ficaram encantados com local

A seleção da Alemanha continua esbanjando simpatia durante a Copa do Mundial. A Federação Alemã de Futebol  revelou na manhã desta sexta-feira (11), através do Instagram, que doou €$ 10 mil euros para a aldeia Pataxó que o time visitou no dia seguinte à sua chegada ao Brasil, no dia 9 de junho.
Schweinsteiger se empolgou em meio a dança com os índios (Foto: Reprodução/Facebook/DFB-Team)
Recebidos com festa pelos índios em Santa Cruz Cabrália, onde fica o centro de treinamento da seleção, os alemães retribuíram o carinho as boas-vindas. Eles deixam o local ainda nesta sexta (11), antes de entrar em campo no Maracã no próximo domingo (13). O time disputará o tetracampeonato contra a seleção da Argentina.
Na ocasião, índios acompanharam o treino da equipe alemã e aproveitaram para tietar time(Foto: Reprodução/Facebook/DFB-Team)
Na ocasião da primeira visita, os jogadores dançaram junto com os índios no próprio campo de treinamento da seleção alemã (assista aqui). Entre os mais animados na coreografia estavam o meia Bastian Schweinsteiger e os atacantes Thomas Muller e Miroslav Klose. Os integrantes da aldeia também levaram uma faixa com uma frase escrita em alemão para os atletas.
O ex-atacante Bierhoff posou para fotos com os índios Pataxó. Em sua camisa, estava estampado um agradecimento pela recepção: "Feliz por estar aqui", dizia. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário