terça-feira, 8 de julho de 2014

Em palestra no Sinduscon, Fernando Bezerra prevê cenário positivo para a construção civil

Exibindo photo13.jpg
 
O candidato da Frente Popular ao Senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB), deu uma palestra, no início da tarde desta segunda-feira (07), na sede do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco (Sinduscon-PE), na Ilha do Leite, no Recife. No auditório da entidade, que acomodou 60 representantes do segmento, o candidato falou sobre o cenário positivo na economia e desenvolvimento industrial de Pernambuco, gerado pela política de investimentos do governo Eduardo Campos (2007-2014), e as boas perspectivas para o setor nos próximos anos.

“Pernambuco cresceu mais que o Nordeste e o Brasil nesse período de sete anos, e isso começou antes, nos dois últimos anos do governo Jarbas Vasconcelos, com a construção da BR-232, que impulsionou o desenvolvimento no Interior e o escoamento da produção, e a decisão da instalação do estaleiro Atlântico Sul. Mas foi com uma política de investimentos, em patamares muito altos (em torno de 60% do PIB), a atração de indústrias como a Fiat e a refinaria, além da criação de 70 mil novos empregos, na RMR e Interior, que vimos essa transformação acontecer. E isso animou os investidores”, analisou.

Ainda segundo o candidato, a perspectiva é de que, até o final da década, o setor industrial responderá por 30% do PIB de Pernambuco – atualmente, está em 24%. “Mas o que isso tem a ver com o setor da construção civil e o mercado imobiliário? Tudo. Esse aquecimento da indústria gerará atração de mão de obra especializada, além de elevar os salários dos trabalhadores, trazendo consigo a demanda no setor imobiliário. Os ventos sopram muito a favor do negócio dos construtores”, completou.

Gustavo de Miranda, presidente do Sinduscon, órgão com 70 anos de existência e que representa 200 empresas do setor de construção civil e mercado imobiliário no Estado, enalteceu a apresentação do candidato e sua capacidade de implementar projetos e políticas públicas, dialogando de forma competente com o setor empresarial.  “O encontro foi muito estimulante.  Fernando, pela sua experiência administrativa, como prefeito, secretário, ministro, o credencia para representar o desenvolvimento de Pernambuco. Porém, pelo seu estilo trator, fazedor, nos faz ter o desejo de vê-lo novamente em um cargo executivo”, disse o presidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário