sexta-feira, 11 de julho de 2014

Buracos e trânsito difícil para os motoristas que trafegam na Estrada de Curcurana

Prefeitura informou que operação tapa buraco e obra de drenagem já estão programadas

Anselmo Luiz/WhatsApp
Carros trafegam lentamente, fazendo “zigue-zague”, para livrar os veículos das dezenas de buracos
Buracos, lama e congestionamento. Esse é o triste cenário que os motoristas precisam enfrentar diariamente na Estrada de Curcurana, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Segundo denúncia encaminhada para o WhatsApp do Portal FolhaPE (8187-9290), o problema se agravou no último mês, quando teve início o inverno. “Depois da chuva, os buracos começaram a aparecer”, disse o internauta Anselmo Luiz, em referência ao período de chuvas intensas registrado em junho e julho.
Uma foto encaminha por Anselmo mostra a atual situação da via. Carros trafegam lentamente, fazendo “zigue-zague”, para livrar os veículos das dezenas de buracos e da lama que tomam conta da via. O problema também reflete no tráfego. “O trânsito fica complicado, porque os carros precisam parar e visualizar qual o melhor caminho para passar”, relata o internauta, que mora em Candeias e utiliza a Estrada de Curcurana todos os dias para chegar ao Porto de Suape, local onde trabalha.
Anselmo conta que a situação estava menos complicada antes da chuva. “Tinham buracos, mas eram em menor quantidade. Agora está pior”. Ele explica que o problema dos buracos é agravado, sobretudo, pela passagem constante de veículos pesados, como ônibus e caminhões. O pior trecho para trafegar está localizado próximo a uma igreja da Assembleia de Deus. “São 150 metros de trecho com buraco, depois para, e mais na frente aparecem outros”, reclama.
Procurada pelo Portal FolhaPE, a Prefeitura de Jaboatão disse que a estrada de Curcurana irá passar por um “grande processo de transformação”. Segundo o governo municipal, uma operação tapa buraco e obra de drenagem já estão programadas. De acordo com a prefeitura. As intervenções não puderam ser realizadas neste mês por conta das chuvas. A previsão é que as obras tenham início em agosto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário