terça-feira, 2 de julho de 2013

PLANTÃO FECHADO DO HOSPITAL MENDO SAMPAIO NO CABO DE SANTO AGOSTINHO

No mês de junho a Secretaria de Saúde do Cabo de Santo Agostinho que tem a frente o Sr. Luis Lima , foi ao encontro da população com o objetivo de escutar os mesmos para tentar resolver os problemas da saúde.
Foi o mês inteiro de conversas e conversas e o tempo passando. Pois a população carente necessita de um serviço básico "Saúde".
E porque afirmo neste tom o descaso. No dia 01 de julho olha o que a população encontrou na recepção do Hospital Mendo Sampaio (Unidade Mista)


Em resumo: “Fechamos! Não podemos atender um cabense doente!”.

Pois no Cabo o descaso é explicito, não existe saúde pública e o que o secretário fez foi ouvir queixas antigas de falta de médicos, falta de remédios, falta de materiais e para concluir que em vez de com todos os recursos que o municipal tem criar em caráter de urgência reformas no setor! Não, não foi isso que aconteceu,nos enganamos tanto que fez lembrar um personagem da Escolinha do Professor Raimundo (Rolando Lero).



Depois de ouvir os cabenses nos bairros com o programa "Virada da Saúde: Ouvir é preciso", olha a situação do plantão do Hospital Mendo Sampaio. De acordo com o enfermeiro (o único) alega que devido a greve de ônibus, técnicos e outros profissionais não puderam vir para o plantão. 

Ouvir é preciso, acompanhar é preciso, mas também é preciso agir executando serviços!

Nota: Rolando Lero é um dos personagens da Escolinha do Professor Raimundo, interpretado pelo falecido Rogério Cardoso. Este personagem fazia graça "enrolando" o Professor Raimundo, já que ele nunca sabia as respostas. O personagem contribuiu com o bordão "Captei vossa mensagem, amado guru" e variantes, que acabaram por se tornar parte da fraseologia do português falado no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário