sexta-feira, 12 de julho de 2013

Barreira cai em quarto de deficiente física e mental no Cabo

Barreira cai em quarto de deficiente física e mental no Cabo

Publicação: 11/07/2013 21:46 Atualização:

Devido às chuvas incessantes que atingem a Região Metropolitana, uma barreira de quase 12 metros deslizou em Ponte dos Carvalhos, no Cabo de Santo Agostinho, e caiu no quarto de uma mulher deficiente física e mental. Por sorte, ela não estava no cômodo na hora do deslizamento, por volta das 20h30. De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac), as precipitações devem continuar nesta sexta (12), assim como o medo dos moradores de áreas de risco.
O deslizamento aconteceu no Loteamento Ilha e a barreira atingiu um quarto da casa de número 3, na Rua 20, em frente à Costeira Transportadora. O quarto é de Maria Lúcia, de 31 anos, que tem necessidades especiais. Na hora do acidente, ela estava com a mãe Gilda Maria, de 54 anos, no quintal tomando banho. Na casa, vivem sete pessoas. Ninguém ficou ferido.

"Eu estava na parte de trás com a minha filha. Ouvimos o barulho e eu corri pra ver. Quando cheguei no quarto, meu Deus, ainda bem que a menina não estava lá", contou, ainda em choque, dona Gilda. "Isso já aconteceu outras vezes e uma filha minha já até se machucou, mas, dessa vez, não deu em nada. Foi Deus", continuou.

Apesar dos danos terem sido apenas materiais, os moradores da comunidade estão revoltados. "Nós já acionamos a Defesa Civil antes e é sempre assim: eles aparecem, tiram fotos, depois cortam os matos e colocam lona. Quando o mato cresce e rasga o plástico, chamamos de novo. Eles voltam e refazem tudo. Mas isso é tapar o sol com a peneira. Toda vez que chove, a barreira desce. Até quando viveremos com medo?", indagou o pedreiro e vizinho Jakson José da Silva.

"Graças a Deus, a menina não morreu. Ela só se locomove com a ajuda da mãe e há muito tempo sofremos com esses problemas de barreiras. Tem tanto barro aqui que não temos nem como abrir a porta do quarto da menina. A casa inteira corre o risco de desabar agora, sem falar no resto da barreira, que não para de ceder", desabafou o morador.

Para comunicar deslizamentos ou fazer solicitações da Defesa Civil do Cabo, os moradores podem ligar para o telefone 0800-281-8531. A ligação é gratuita.

Fonte (Diario de Pernambuco)

Perguntar não ofende: Cadê a Defesa Civil do Cabo de Santo Agostinho?

Nenhum comentário:

Postar um comentário