quinta-feira, 27 de junho de 2013

GLOBO DENUNCIA VENDA DE CONCESSÃO DO TRANSPORTE COMPLEMENTAR DO CABO DE SANTO AGOSTINHO

Link para acessar o vídeo: http://g1.globo.com/videos/pernambuco/netv-1edicao/t/edicoes/v/moradores-do-cabo-de-santo-agostinho-reclamam-do-transporte-complementar/2656955/



Concessões dadas pela prefeitura, são vendidas por motoristas como se fossem deles, o presidente da cooperativa, Arnaldo José de Souza Filho (Dau da Kombi), ao ser perguntado sobre o valor da concessão o mesmo falou: "Da linha da gente, de kombi, é em torno de 80 mil. Eu tenho duas e não quero vender, não. Tem uns que quer vender por 100, porque com uma kombi já flex, ela aumenta o valor."



Kombeiro admite que as kombis andam com número de passageiros acima do permitido.

Ao ser perguntado como conseguir uma concessão publica para o trabalhar no transporte complementar, o Guarda Municipal falou: "Oficialmente não. Mas existe uma situação que ele faz assim, porque não pode vender, que é uma concessão da prefeitura. Mas ele "faz" assim: O senhor compra a eles e eles passam esse documento como se tivesse lhe doando, fazendo a doação. Feito a arma: a arma, o senhor (não) tem uma arma e o senhor quer comprar eu não posso lhe vender. O senhor mim paga e eu lhe faço um termo de doação."

Nenhum comentário:

Postar um comentário