banner de rolagem carrosel

terça-feira, 29 de julho de 2014

EM ANO DE ELEIÇÃO… TEM DESSAS COISAS.

VT 817x1024 Em ano de eleição... Tem dessas coisas.

Prefeito do Recife anuncia implantação do “passe livre” para estudantes da rede pública

geraldo-julio_ - foto andrea rego barros
O prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), anunciou nesta segunda-feira como funcionará o “passe livre” para os estudantes da rede pública da capital pernambucana.
No mês de agosto, segundo ele, os 14 mil estudantes que têm direito ao benefício serão cadastrados e o cartão com as passagens serão distribuídos em outubro próximo.
Os estudantes terão direito a 70 passagens mensais gratuitamente. O benefício representará uma despesa de R$ 1 milhão/mês no orçamento da PCR.
Segundo o prefeito, o Recife é a primeira capital do país a implantar o “passe livre”.
“Não conheço outra cidade que tenha ‘passe livre’ para os estudantes de escolas municipais. Aqui no Recife inauguramos esta realidade que ajudará aos jovens no deslocamento para a escola, além de outras atividades nos fins de semana”, declarou o prefeito.
Segundo ele, a implantação desse benefício vai contribuir para a redução da evasão escolar e ajudar no orçamento das famílias de baixa renda, com a redução de R$ 567,60 de gasto por ano, ou R$ 47,30 por mês (meia passagem) por cada filho matriculado.

Musas do handebol esquetam as areias do Pina

As beldades participaram da sexta edição do Mundial de Handebol de Areia  / Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem









Quem disse que handebol é ruim?

Segundo dia de paralisação dos motoristas começa com chuva no Recife

Do JC Trânsito
Poucos ônibus circulavam na Av. Agamenon Magalhães, uma das principais vias da Região Metropolitana do Recife  / Foto: @andre01santos / Twitter
Poucos ônibus circulavam na Av. Agamenon Magalhães, uma das principais vias da Região Metropolitana do RecifeFoto: @andre01santos / Twitter
O segundo dia de greve dos motoristas, cobradores e fiscais de ônibus do Grande Recife começa com chuva na capital pernambucana, o que preocupa ainda mais os passageiros que precisam se locomover na cidade, na manhã desta terça-feira (29). 
Mesmo no começo da manhã e com a promessa de que 75% da frota estará circulando em horário de pico, alguns passageiros reclamam da demora dos coletivos no Terminal Integrado Joana Bezerra, na área central do Recife. Na integração da PE-15, em Olinda, Grande Recife, os ônibus circulavam com um intervalo maior, causando transtorno no embarque.
Por volta das 6h, na Estação Recife, no bairro de São José, as filas para entrar nos coletivos não mostravam anormalidades, assim como o metrô da linha Sul e Centro. Os passageiros justificam que o movimento na estação aumentará por volta das 7h. Nas paradas de ônibus do Derby, área central, a quantidade de passageiros é maior do que o habitual.
Viaturas da CTTU fazem monitoramento nas principais vias da cidade, como a Av. Visconde de Suassuna, Rua do Príncipe, Cruz Cabugá e Conde da Boa Vista. O esquema de segurança foi reforçado com viaturas da Polícia Militar nas estações em funcionamento do BRT, e também em alguns Terminais Integrados.
O Sindicato dos Rodoviários anunciou em coletiva na noite da última segunda-feira (28) que a greve continuará até que suas reivindicações sejam atendidas. A categoria reivindica um aumento de 10% do seu salário e o aumento do seu vale-alimentação. Uma nova reunião entre a categoria e os patrões está prevista para às 16h desta terça-feira (29).

Aeroporto é só ponta do iceberg de Aécio, diz ministro

:
O ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, afirmou nesta segunda-feira, 28, que as declarações do presidenciável tucano Aécio Neves sobre o caso do aeroporto em Cláudio (MG), construído quando Aécio era governador de Minas em terreno de seus familiares, não são suficientes e disse ainda que o tucano ainda terá problemas para explicar “outras coisas”.
“Absolutamente não está explicado [o caso do aeroporto]. E vai ser muito difícil explicar essas e outras coisas que aconteceram em Minas Gerais nos últimos tempos. Aquilo que conheço da minha relação com companheiros de Minas Gerais, o governador [Aécio] vai ter dificuldade de explicar muitas coisas. O aeroporto é apenas a ponta do iceberg de um tipo de prática que marcou aquele governo”, disparou Carvalho. “A barreira de proteção ao governo [Aécio Neves] foi tão grande que a população do país não conhece o que se passou em Minas Gerais efetivamente”, disse o ministro ao jornal  O Globo. (Cilque aí e leia mais)
As declarações duras do secretário da Presidência da República reacendem a discussão em torno da polêmica obra. Justamente no momento em que a cúpula da campanha de Aécio Neves não esconde sua preocupação com a repercussão que o assunto tomou. A constatação reservada no PSDB é que, independente da legalidade da obra, o episódio deixou Aécio na berlinda e abriu um flanco na candidatura tucana, que passou a ser bem explorado pela campanha de Dilma Rousseff.
Ao jornalista Gerson Camarotti, um parlamentar do PSDB chegou a alertar que o próprio Aécio terá que responder, em debate com Dilma, quantas vezes desceu de jatinho no aeroporto de Cláudio. 'O problema é que o episódio do aeroporto pode tirar o PSDB do ataque, colocando a candidatura de Aécio na defensiva. Temos que sair dessa armadilha', afirmou o tucano (Clique aí e leia mais).
O coordenador jurídico da campanha de Aécio Neves, o deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP), informou que o partido irá acionar Gilberto Carvalho, por ato de improbidade.Seja como for, a campanha eleitoral pegou fogo nesta segunda-feira. (Do portal BR 247)

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Como doutrinar um militante do PT

Golpes recorrentes em caixas eletrônicos exigem alerta da Polícia Federal

Falsas entradas para cartões são artifício de quadrilhas. Polícia Federal recomenda atenção. Foto: Polícia Federal Pernambuco/Divulgação
Falsas entradas para cartões são artifício de quadrilhas. Polícia Federal recomenda atenção. Foto: Polícia Federal Pernambuco/Divulgação
Mais uma onda de artifícios formam um golpe a caixas eletrônivos e a Polícia Federal em Pernambuco alerta todos os clientes e correntista de bancos públicos e privados que utilizam esses terminais, principalmente nos fins de semana e fora do horário de expediente. Frentes falsas do terminal para capturar códigos de cartão e senhas de acesso, entrada falsa do cartão da conta, entre outras formas de retenção do dinheiro já vêm sendo usadas. Portanto, se aparecer alguma mensagem de erro durante uma consulta a extrato, por exemplo, ou realizar um saque e o dinheiro não sair, desconfie e procure o Serviço de Atendimento ao Cliente do seu banco.

Entre os principais golpes, está a aplicação de frentes falsas. Segundo a Polícia Federal, os estelionatários geralmente usam as chamadas “máscaras”, na qual toda a parte frontal do terminal eletrônico é sobreposto ao original para simular a frente de um caixa verdadeiro. Um notebook é instalado por trás do equipamento com um mecanismo interligado tanto no local de introdução do cartão magnético quanto no dispositivo do teclado aliado a um programa que simula todas as principais operações bancárias, porém nunca consegue finalizar a transação, aparecendo sempre uma mensagem de erro. 

A intenção dos bandidos é copiar e enviar via internet (este dispositivo possui um chip com modem que envia através da web todas as informações para o bandido) a trilha do cartão como também a digitação da senha nas teclas alfa numérica.  Após algum tempo os criminosos voltam ao banco retiram a parte da frente que foi colocado previamente e depois confeccionam vários cartões com as trilhas capturadas e de posse das senhas realizam saques em dinheiro causando grandes prejuízos para correntistas e instituições bancárias.

Mais dicas:
Se o golpe acontecer durante o expediente bancário, o cliente deve procurar ajuda dos funcionários da agência, que geralmente estão uniformizados e com crachá e se for fora do expediente, devem ligar para os telefones de atendimento.

É sempre com ter anotado o telefone do SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente do seu banco para ligar caso se depare com um tipo de ocorrência suspeita ou estanha. A FEBRABAN disponibiliza em seu site uma seção que oferece aos usuários o número de todos os bancos através do site http://www.febraban.org.br/atendimento_bco.asp

Antes de iniciar a transação, verifique na tela se o equipamento está ativo ou inoperante. Caso esteja inoperante, não insira seu cartão;

Se o caixa eletrônico ou equipamento do banco no comércio estiver inoperante, não aceite oferta de estranhos de passar seu cartão em terminal avulso, mesmo que se apresentem como funcionários do banco. Fraudadores têm utilizado esse golpe para clonar (copiar os dados) cartões e obter senhas;

Ao digitar sua senha, mantenha o corpo próximo à máquina, para evitar que outros possam vê-la ou descobri-la pelo movimento dos dedos no teclado. As pessoas atrás de você devem respeitar as faixas de segurança;

Prefira utilizar os caixas automáticos instalados em locais de grande movimentação e, se possível, em ambientes internos (shoppings, lojas de conveniência, postos de gasolina etc.);

Nunca aceite ou solicite ajuda de estranhos, mesmo que não lhe pareçam suspeitos;

Caso não consiga concluir uma operação, aperte a tecla ANULA ou CANCELA;

Cuidado ao utilizar telefones de terceiros desconhecidos, especialmente os celulares, para comunicar-se com o banco, pois os dados de sua conta e senha ficam registrados na memória do aparelho. Além disso, você poderá não estar falando com representante do banco;

Desconfie de vantagens financeiras ou dramas familiares que lhe sejam apresentados por desconhecidos na fila do caixa automático, especialmente propostas de utilização de sua conta para transferência de valores.

Ônibus são depredados na Estação do Barro

Na estação Tancredo Neves, os motoristas teriam parado os coletivos e ordenado aos passageiros que descessem dos veículos. Na Avenida Pan Nordestina, em Olinda, coletivos tiveram os pneus furados.
Foto: Lenne Ferreira/DP/D.A Press
Foto: Lenne Ferreira/DP/D.A Press
Vandalismo durante a greve dos rodoviários na estação de passageiros do Barro, na zona oeste do Recife. Depois de estacionar alguns ônibus atravessados na pista, para impedir a entrada e a saída dos coletivos, manifestantes atearam fogo em um dos veículos, da empresa Vera Cruz.
O fogo foi apagado e ninguém ficou ferido. A Polícia Militar foi acionada e enviou duas viaturas para o local. O clima é de tensão e tumulto.

Revoltados, os passageiros ateram pedras nos ônibus. Muitos usuários resolveram seguir  o percurso a pé pelas BRs 232 e 101. Alguns motoristas de carros particulares estão cobrando R$ 10 para transportar as pessoas do terminal do Barro até a estação da Macaxeira.

Também há relatos de que na estação Tancredo Neves, na Imbiribeira, os motoristas teriam parado os coletivos e ordenado aos passageiros que descessem dos veículos. Na Avenida Pan Nordestina, em Olinda, coletivos tiveram os pneus furados. O trânsito está parado no local.

A greve dos rodoviários teve início à zero hora desta segunda-feira. Ás 10h30, a categoria realiza um ato no Parque 13 de Maio. Para as 15h está programada uma coletiva de imprensa dos representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviáriso Urbanos de Pernambuco. A entrevista será concedida na sede do Simpere, na Avenida Visconde de Suassuna, bairro de Santo Amaro, no Recife.

No Dia Mundial de Combate às Hepatites, especialistas alertam sobre a doença

Da Agência Brasil
Tipos B e C, mais virulentos, têm como principal forma de transmissão o contato com sangue e as relações sexuais / Foto: Agência Brasil
Tipos B e C, mais virulentos, têm como principal forma de transmissão o contato com sangue e as relações sexuaisFoto: Agência Brasil
No Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais lembrado nesta segunda-feira (28), especialistas alertam a população para cuidados rotineiros e simples capazes de evitar a contaminação dos tipos mais comuns da doença no Brasil: A, B e C. A higiene pode prevenir a transmissão do tipo A, que ocorre por ingestão de água e alimentos contaminados. Sempre lavar as mãos com sabão depois de ir ao banheiro, ferver a água em locais onde não há água clorada, higienizar os alimentos são algumas dicas evitar esse tipo de hepatite, doença que atinge o fígado.
Os tipos B e C, mais virulentos – que têm como principal forma de transmissão o contato com sangue e as relações sexuais – também podem ser evitados com maior cuidado em atividades corriqueiras.  A coordenadora estadual de Hepatites Virais da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, Clarice Gdalevici, lembrou que garantir instrumentos esterilizados na manicure é uma forma de evitar o contágio.
“[Isso ocorre com] todos os instrumentos de manicure, mesmo que não sejam cortantes, mesmo o palitinho, se tiver sangue na cutícula. O ideal é que o material seja de uso próprio”, informou. “[Com] tatuagens também, tanto a tinta como a agulha devem ser descartáveis ou esterilizadas para uso de mais de uma pessoa”, orientou ela.
Escovas de dente, aparelho de barbear, brincos, entre outros acessórios pessoais, não devem ser compartilhados, pois também podem ser transmissores da doença. No Rio de Janeiro, foram registrados 5.261 casos de hepatite B e 6.162 casos de hepatite C, entre 2005 e 2012. Anualmente, são ocorrem cerca de 700 novos registros. A hepatite C é a que mais atinge a população do Rio. “Estamos investindo em campanhas de testes rápidos de 30 minutos nas regiões de maior incidência”, frisou a médica. “Muitas pessoas não sabem que têm a doença, que demora a se manifestar”, completou.
Para o presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Renato Kfouri, além dos cuidados com a higiene, a vacinação é fundamental para a prevenção, sobretudo no caso da hepatite B que pode ser tornar crônica e manter a circulação do vírus na comunidade.
“Quanto mais cedo a pessoa adquirir a hepatite B, maior a chance de que ela se torne portadora crônica”, explicou ele ao lembrar que a vacina contra o tipo B faz parte do Programa Nacional de Imunizações há 14 anos. “Na época, ela era oferecida apenas a recém-nascidos e hoje é oferecida para pessoas até 49 anos. Felizmente não há mais ocorrências em crianças. O desafio agora é universalizar o acesso, pois é uma doença que atinge todas as idades”, explicou Renato Kfouri.
Para ele, a baixa adesão de jovens e adultos à imunização da hepatite B se deve sobretudo à falta de informação. “Muitos não sabem sequer que existe vacina para essas faixas etárias. Há uma cultura muito forte de vacinação da criança, mas ainda estamos muito longe na cobertura vacinal de jovens, adultos e idosos”, destacou. “Com a universalização, mais informação e conscientização conseguiremos erradicar pelo menos as hepatites A e B”, acrescentou.
Não há vacina para prevenir a hepatite C – a mais severa desses três tipos mais comuns no Brasil, podendo causar câncer no fígado. A vacina contra a Hepatite A começou a ser fornecida, pelo Sistema Único Saúde (SUS), para crianças de 1 a 2 anos no mês passado. Crianças maiores, adolescentes e adultos podem ser vacinados em clínicas privadas.
A hepatite A é mais leve, mas existem alguns casos fulminantes. O tipo B é 100 vezes mais infeccioso do que o HIV, e "o infectado costuma portar o vírus mesmo depois de curado”, segundo Renato Kfouri. “As chances de um recém-nascido, filho de uma mulher com hepatite B, ser portador do vírus para o resto da vida é 90%.”

ENFERMEIROS

ENFERMEIROS - Vai até dia 15 de agosto o prazo para se inscrever no processo seletivo de acadêmicos para estágio curricular não obrigatório de Enfermagem, no Hospital Dom Helder Câmara, em Cabo de Santo Agostinho. No site www.imip.org.br.