banner de rolagem carrosel

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

No debate do SBP Aécio fez picadinho de Dilma


Ricardo Noblat
Aécio Neves deixou de ser tucano.
Na versão política, tucano é uma ave que, apesar do bico grande, bica com delicadeza. É capaz de perder a vida para não perder a elegância. Foi assim, por exemplo, com Serra no primeiro debate do 2º turno contra Dilma em 2010. De certa forma foi assim também com Aécio no debate da última terça-feira contra Dilma na Rede Bandeirantes de Televisão.
Quem imaginou que ele, ontem, no debate do SBT, ofereceria a outra face para apanhar, enganou-se. O instinto de sobrevivência empurrou Aécio para cima de Dilma, e dessa vez foi ela que não estava preparada para enfrentar tamanha fúria.
Marqueteiros costumam dizer que o eleitor detesta troca de ataques entre candidatos. Lorota. O eleitor diz que detesta para aparecer bem na foto – mas ela gosta de ataques, sim.  Os ataques só não podem resultar em baixarias.
Se alguém quase se rendeu a baixarias foi Dilma quando tentou aplicar uma pegadinha em Aécio. Perguntou o que ele achava da lei que pune motoristas que dirijam bêbados ou drogados.
Uma vez, no Rio, Aécio foi surpreendido por uma blitz da Lei Seca. E se recusou a fazer o teste do bafômetro. Se Dilma sabe que ele estava bêbado ou drogado deveria ter dito. É uma grave acusação que não pode apenas ser insinuada. Ela preferiu insinuar. Leviandade.
No debate da Band, Dilma impôs a Aécio sua agenda de discussão. Acuou-o com perguntas sobre o governo dele em Minas. Aécio saiu derrotado. No debate do SBT, Aécio impôs sua agenda. E rebateu os ataques de Dilma com calma, lógica e argumentos bem pensados. Foi impiedoso.
Dilma voltou a perguntar pelos parentes que Aécio empregou no governo de Minas. Aécio respondeu sobre apenas um deles – sua irmã, Andrea, que trabalhou no governo sem nada ganhar.
Em seguida, Aécio perguntou a Dilma pelo irmão dela, “que ganha sem trabalhar” da prefeitura de Belo Horizonte. Dilma fugiu da resposta. E começou a falar em 'dilmês'. Aécio carimbou na testa de Dilma que ela não conhece direito Minas Gerais. Dilma passou recibo da acusação.
O debate acabou com Dilma nocauteada. Não é força de expressão. Desorientada, como se não soubesse direito onde estava e o que lhe aconteceu, Dilma perdeu a voz ao responder à pergunta de uma repórter do SBT. Esqueceu que estava ao vivo. E, aparentemente grogue, pediu para recomeçar.
Não conseguiu. Alegou então que estava passando mal. Uma queda de pressão. Foi socorrida com um copo de água. Arranjaram-lhe uma cadeira. Quis voltar à responder à repórter. Como seu tempo acabara, se irritou com ela. Chamou-a de 'minha querida'.
Desfecho perfeito para uma luta que perdeu.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Diretório do PSB do Cabo desmente resistência a Aécio

Diante das especulações de que o diretório do PSB no Cabo de Santo Agostinho não estaria alinhado com o restante do Estado no apoio ao candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB), os integrantes da legenda no município enviaram ao blog, há pouco, uma nota esclarecendo o fato e desmentindo a possibilidade de oposição a Aécio no segundo turno. Veja a nota:
"O diretório do PSB do Cabo é correto, leal e segue à risca as orientações das instâncias superiores. Não sabemos de onde partiram tais informações de que seríamos rebeldes. Tais informações só podem ter partido daqueles que não são leais ao próprio partido e nem a ninguém.
Daqueles, que tinham obrigação de apoiar Aécio no primeiro turno e não apoiaram, ficaram na moita. Agora, no segundo turno, Aécio terá votos em Pernambuco, pois conta com o valioso apoio de nosso Governador Paulo Câmara, do Prefeito Geraldo Júlio, de FBC e do PSB. O PSB do Cabo está unido a esse time vitorioso".


Ibope repete Aécio com 51% dos votos válidos e Dilma com 49%

Foto: Arte NE10.
Foto: Arte NE10.
A pesquisa Ibope divulgada na noite desta quarta-feira (15), no Jornal Nacional, repetiu os resultados da última pesquisa, realizada na semana passada: Aécio Neves (PSDB) se mantém com 51% dos votos válidos, empatado tecnicamente com Dilma Rousseff (PT), que aparece com 49%.
Se consideradas intenções de voto nulos e brancos, além dos indecisos, o tucano está com 45%, dois pontos na frente da petista. Mesmo dentro da margem de erro de dois pontos, ambos caíram em relação à pesquisa anterior: Aécio estava com 46% e Dilma com 44%.
Os brancos e nulos somam 7%, um ponto a mais que na semana passada, e os que afirmaram não saber em quem vão votar são 5%, também um ponto a mais que a pesquisa anterior.
Na pesquisa encomendada pela TV Globo, o Ibope ouviu 3.010 eleitores em 204 municípios entre os dias 12 e 14 de outubro. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-01097/2014.

Clarão no céu assusta Cabenses





segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Assessor de Betinho morre envenenado

Assessor de deputado tucano morre envenenado
Raimundo de Lima Aragão
O assistente de gabinete do deputado estadual Betinho Gomes(PSDB), Raimundo de Lima Aragão, faleceu sábado passado após ter sido envenenado no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana, enquanto participava de uma atividade eleitoral. Ele foi envenenado por uma substância colocada num suco de graviola.
O suspeito do crime é Luiz Carlos Marques, que também trabalhava no gabinete do deputado. De acordo com a polícia, o crime não tem relação com política. A motivação seria uma dívida financeira. Luiz Carlos foi preso na quinta-feira(09), um dia após ter cometido o crime e está preso no Cotel, em Abreu e Lima. O inquérito foi aberto pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).
Luiz Carlos Marques
Fonte (Blog do Magno)